Carregando…
FAQ

Você aceita convênio?

Sim. Porém, não aceito todos! Entre em contato conosco para mais informações.



Vou começar a introdução alimentar do meu bebê. Estou cheia de dúvidas, por onde começar?

Por ser uma fase de muitas descobertas, ela gera dúvidas e ansiedade nos pais. Hoje existem vários “métodos” de introdução alimentar e muita, muita, muita informação online, isso acaba gerando mais dúvidas do que dando respostas.
A principal dica que dou a todas as famílias que chegam para orientações de Introdução Alimentar é: Muita paciência! O bebê está aprendendo! E você também.



Descobri que meu filho é alérgico! Ele não pode comer nada! E agora?

Ele pode comer várias coisas! O que acontece é que a gente se fecha a novas experiências e acaba ficando preso num mesmo padrão alimentar. Orientação profissional nesse caso é muito importante.



Meu filho não está comendo direito e está perdendo peso. Devo comprar um suplemento?

Não. Procure orientação profissional, nunca compre suplementos sem orientação.



Você faz dieta para crianças?

Não gosto de dizer isso! Dieta parece algo restritivo e cheio de regras. O que montamos juntos no momento da consulta é um plano alimentar baseado nos alimentos que o seu filho já consome (ou alimentos parecidos) para que esse processo de reeducação alimentar não se torne algo ruim e cansativo!

Lembrando que nem todos os casos levarão esse plano alimentar para casa! Cada caso deve ser estudado individualmente.



Meu filho não está comendo direito. Como você pode ajudar ele?

Juntos vamos compreender o que está causando esta falta de apetite pelos alimentos ou recusa de determinados alimentos.

Antes de discutirmos como ajudaremos ele a comer, temos que descobrir por que ele não está comendo!

Dependendo do motivo uma abordagem é escolhida junto aos pais.